Natal: oportunidade de conexão. Por Lucianna Golonni.

Share Button

O Natal é uma época que nos remete a conexão, amizade, reconciliação e perdão. São todos lugares-comuns e o próprio fato de vincularmos esses sentimentos e atitudes a essa época do ano já é lugar-comum por si só.

E, como uma boa aquariana, detesto falar sobre coisas que são esperadas e, por isso, é impossível mencionar o assunto sem reconhecer sua previsibilidade. Porém, curvo-me à falta de surpresa e trago aqui uma reflexão que, apesar de despida de criatividade, traz a todos nós uma questão que urge ser repensada em nossa sociedade. O que todos precisamos refletir é sobre o real senso de conexão.

Nada melhor do que o fim do ano, período em que fazemos um balanço de resultados de comportamentos tomados o ano inteiro, para que estejamos mais abertos a assimilar novos tipos de atitudes.

E revisando os últimos meses precisamos reconhecer o aumento da belicosidade entre as pessoas, tanto desconhecidas como próximas. Essa realidade lamentável foi muito bem retratada na campanha de Natal da Natura de 2019, que trouxe um texto que nos incita a olhar para esse problema de forma muito delicada. Vale a pena transcrevê-lo para poder comentar:

É tempo de querer ter razão, de perder quem a gente ama para não perder a discussão.
E se nesse Natal a gente falasse menos o que pensa e mais o que sente?
Quando você deixa o coração falar o mundo fica mais bonito.

Como facilitadora de Comunicação Não-Violenta, abordagem que tem como pilar a empatia, posso dizer com muita segurança que este texto não poderia ter sido mais feliz ao sugerir como solução a uma divergência, mostrarmos nossos sentimentos.

Quando nos conectamos com o que sentimos e com o que o outro sente, temos tanto a autoempatia como a empatia com o próximo. E a chave para resolvermos todo tipo de conflito está em sermos capazes de identificar os sentimentos das partes.

Uma premissa básica da Comunicação Não-Violenta é nunca deixarmos prevalecer um conflito em detrimento de uma relação. E não há outra forma de fazê-lo senão através do que sentimos. Que essa reflexão seja capaz de lhe proporcionar o acesso aos seus sentimentos mais profundos e ao caminho inexorável do entendimento.

Tenha um Lindo Natal e um Ano Novo com muito mais empatia! Feliz 2020!

Lucianna Golonni é palestrante e consultora em Comunicação Empática. Professora do IDCE Escola de Negócios, é pós-graduada em Negócios Internacionais pela UERJ. https://www.linkedin.com/in/lucianna-golonni/