COMUNICANDO O QUE IMPORTA - Dia do Consumidor ou Dia do Consumo? Por Mariah Guedes.

Share Button

Na quarta-feira passada, falamos sobre o posicionamento das marcas no mês de março, com destaque para as ações publicitárias fazendo menção ao Dia Internacional das Mulheres (08/03), celebrado na véspera. Ao final do texto, tivemos a tarefa de observar a repercussão das peças de propaganda referentes à data em 2022. Desde então, foi possível identificar dois cenários opostos: não tivemos anúncios marcados por grandes gafes desta vez, mas também não tivemos campanhas memoráveis – diferentemente de anos anteriores. Aparentemente, atingimos uma “média”. Será esse um sinal de que os discursos marcários estão se adequando às demandas de consumidores – principalmente os engajados em redes sociais – e chegando a um determinado patamar que trata a femvertising com naturalidade? Continuemos a acompanhar.

Já nesta semana, outra comemoração se sobressai no calendário de publicações e eventos comemorativos: o Dia do Consumidor (15/03). Criado há 60 anos nos EUA e inserido no Brasil na década de 1980, o marco virou um acontecimento do comércio, estando ligado a iniciativas de vendas no primeiro trimestre do ano – ainda que, no início, seu intuito tenha sido o de fomentar a elaboração de um campo de suporte aos consumidores, com base legal e regulatória (o que gerou a fundação de órgãos como o PROCON, por exemplo).

Na conjuntura brasileira, o afastamento do objetivo inicial da data é tão grande que, há quase 20 anos, foi lançado o Dia do Cliente (15/09). Enquanto o Dia do Consumidor ficou ofuscado por cupons de descontos e demais ações promocionais, o foco desta outra ocasião é se concentrar no relacionamento entre as partes, investindo em fidelização. Essa modificação no sentido dos termos no faz pensar: comemoramos em março o Dia do Consumidor ou o Dia do Consumo?

E temos também o Dia do Consumo Consciente (15/10). Com esta, são 3 datas convergindo para o mesmo tema, cada qual sob a sua ótica. O que fazemos com cerca de 1% do ano dedicado aos nossos atos de compras e fruição de serviços? É o momento de questionar, e a comunicação nos proporciona essa reflexão.

Em tempo: a periodicidade desta coluna está sendo alterada de semanal para mensal; a próxima será publicada em 13/04 (como sempre, uma quarta-feira). Aguardo vocês por aqui.

Mariah Guedes é publicitária, mestra em Comunicação & Cultura, leitora ávida, canhota, macaense, queer e atua como comunicadora social no Terceiro Setor. Acompanhe sua trajetória em https://br.linkedin.com/in/mariahguedes.