Continua a repercutir na "web" a crítica ao compadrio nas I.E.S.

Share Button

As Instituições de Ensino Superior sofrem com a questão de pessoal docente. Por que? A seguir os princípios do fim:

1) Concursos públicos docentes são falhos no quesito… publicidade.

2) Os professores aprovados em tais concursos falhos são estáveis em seus empregos.

3) Por serem estáveis em seus empregos, os docentes tendem a obedecer à lei do menor esforço.

4) O menor esforço só pode ser empreendido em um ambiente amigável e cúmplice. Os menos bons e mais dispostos se dispõem a frequentar – e comandar o ambiente – na insalubre capital federal.

5) O meio acadêmico, movido pelo binômio picuinha VERSUS compadrio, opta sempre pelo caminho mais natural: aprova-se os amigos e reprova-se os inimigos.

6) Amigos – pares – não querem ser chefes ou ser chefiados, então acontece um rodízio medíocre: uns escrevem, outros publicam. Ninguém lê. Nem os próprios. Só seus torturados orientandos.

7) Quando alguém se aposentar ou morrer, no departamento, volte ao princípio 1.

Para mais, acesse este link.

As matérias que deram origem ao tópico de discussão na web.