VIÉS HUMANO NA ERA DIGITAL - Como a transformação digital vai mudar sua carreira. Por Juliana Burza.

Share Button

Pense numa pessoa que, com 18 anos de carreira em Marketing, trabalhou 11 anos no mesmo lugar e, de repente, decidiu abrir novos caminhos, se reinventar. Parece que foi mordida pelo bicho da inovação e começou a ir em tudo o que é evento sobre tecnologia e transformação digital. Pensou? Muito prazer… eu!

E o mais legal é que nesta caminhada encontrei diversas pessoas exatamente assim. Que estavam imersas em seus trabalhos cotidianos, muitas vezes em empresas mais tradicionais e, agora, perceberam que a transformação digital não só bateu à porta, mas já está tentando arrombá-la. Não tem mais volta. Ou nos reinventamos, ou ficamos para trás.

Isso vai acontecer com os profissionais de marketing, com os médicos, advogados, RHs, entregadores, pesquisadores, a moça do telemarketing e até músicos. Que a tecnologia já invadiu nossa vida, é fato. Temos que lidar com ela.

O que puder ser automatizado, será. Pode não ser agora, pode não ser tudo ao mesmo tempo, mas se temos uma certeza é de que está acontecendo.

Você também tem se sentindo assim? Está vendo tanta transformação e precisa entender onde você se encaixa nestas mudanças? Está tudo bem, vamos dar um jeito!

O primeiro passo para se preparar para esta Nova Economia e não ser engolido por tantas possibilidades é mapear suas competências e saber o que precisa ser desenvolvido.

Como? Simples, vamos usar a metodologia de Design Thinking (DT) ao nosso favor e desenhar uma estratégia para lidar com isso.

O Design Thinking é uma metodologia centrada no ser humano, com um viés totalmente colaborativo, e que usa o storytelling (roteiro de histórias) e a empatia para chegar a resultados e soluções possíveis.


Siga o passo a passo abaixo dos conceitos de DT, pegue papel e caneta (ou seu celular) e responda o melhor que puder:

1) Empatia: neste caso, com você mesmo. Entenda o que é bom para VOCÊ. Quais são suas necessidades e motivações? O que te dá prazer para levantar cedo na segunda-feira? O que faz você entrar no ‘flow’? Que experiências está buscando neste momento? Entenda suas dores e trace bem claro o seu objetivo. Tenha paciência consigo mesmo.

2) Faça, não fale: pensando no início do ano até agora, o que você está fazendo (de verdade) para promover transformação? Tem estudado algo novo? Tem feito algum curso ou participado de encontros sobre assuntos que te interessam? Se já sabe com o que quer atuar, uma boa dica é listar suas competências e saber se estão de acordo com tal cargo ou área de atuação. Precisa de alguma certificação que ainda não conquistou? Pense fora da caixa!

3) Use a colaboração: um ‘networking’ bem-feito é seu melhor amigo! Nas diversas redes sociais você pode conhecer pessoas incríveis com as quais dificilmente teria contato ‘naturalmente’. Essas pessoas podem lhe apresentar outras e, de repente, você já tem uma rede de contatos com ‘insights’ ricos em conteúdo que podem lhe ajudar a tomar uma decisão e até trocar ideias e tirar dúvidas. Além disso, você acaba fazendo novos amigos!

4) Priorize: esta é a parte que te ajuda na ideação e prototipagem. O que você quer da sua carreira? E o que você não quer? É importantíssimo ter clareza sobre o que não seria viável. Nem perca tempo e foco com o que não vai te levar ao seu objetivo principal (vide número 1).

5) Experimente: aprenda fazendo. Você tem testado algo novo nos últimos tempos? Pode ser um post ou artigo. Ou até mesmo uma aproximação com alguém sobre um tema em comum. Tentou aplicar-se para ‘uma vaga dos sonhos’ para ver o que acontece? Testou mandar seu currículo para alguém que admira e pediu feedback? Não tenha medo, você pode se surpreender!

Compartilhe esse texto com alguém que esteja querendo aprender sobre inovação e tecnologia e vamos juntos!

Juliana Burza é publicitária com MBA em Marketing e Relações Internacionais. Apaixonada por Design Thinking. Entusiasta de Inovação e Tecnologia. Acredita que a Transformação Digital começa nas pessoas. https://www.linkedin.com/in/juliana-burza/

2 respostas para “VIÉS HUMANO NA ERA DIGITAL – Como a transformação digital vai mudar sua carreira. Por Juliana Burza.”

  1. Marlucia Lobo disse:

    Como sempre um ótimo texto . Dicas valiosas!!

  2. Angela Martins disse:

    Muito bom Juliana!!! Bem em linha com um projeto que estou estruturando para mentorar pessoas que querem chegar ao “level C” como eu!!! Otimo texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *