TENDÊNCIAS ETC. - O futuro está no Pinterest (?) Por Carolina Sales Marouvo.

Share Button

O novo ano começou há poucos dias. Mas, muito antes disso, já nos deparávamos com as listas das ‘tendências’ que tentam antecipar tudo o que vai acontecer no mundo neste novo ciclo: o futuro do Marketing Digital, do mercado de trabalho, da decoração das casas, os cortes de cabelo que veremos nas ruas, as cores do ano e por aí vai…

Como a internet hoje é parte fundamental das nossas vidas, nada mais óbvio do que usá-la como fonte de pesquisa para (quase) tudo também, certo? As redes sociais, claro, não ficam de fora desta função e indicam muitos dos padrões de comportamento do ser humano na actualidade.

Renegado pela estratégia de comunicação e marketing de muitas empresas, o Pinterest é uma rede social totalmente visual, utilizada por nós, internautas, para encontrar ideias, inspirações e referências para diferentes áreas das nossas vidas, tanto pessoal quanto profissional.

Dito isso, listo abaixo os principais insights e tendências revelados pela plataforma em seu recente relatório ‘Pinterest 100: the top trends to inspire and try in 2020’ – que desta vez separou o conteúdo em 10 categorias de acordo com as buscas de mais de 320 milhões de pessoas espalhadas pelo mundo:

  1) Flexibilidade de género – em 2020, Xs consumidores já não podem mais ser limitados por serem homens ou mulheres. Produtos, serviços e a comunicação em geral devem ser pensados de maneira a ser unissexo. O assunto ganha especial destaque para o mercado infantil: roupas, brinquedos e festas temáticas não são mais azuis ou rosas.

  2) Consumo consciente – o assunto parece já antigo, mas está mais forte e actual do que nunca. As pessoas buscam, cada vez mais, soluções para mudar seus próprios hábitos e esperam que as marcas também façam a sua parte de maneira activa. Soluções para o lixo, objectos de decoração e arte feitos com restos, roupas em segunda mão e até casamentos sustentáveis têm sido alguns dos assuntos mais buscados pelas pessoas.

  3) Positive vibes – num contexto de busca pelo bem-estar, esqueça retiros ou spas. As pessoas querem encontrar soluções para implementar no seu dia a dia e combater os males da actualidade: estresse, ansiedade e burnout. Terapias alternativas, Feng Shui e comida saudável são assuntos que estão em alta, assim como dicas para fazer um detox digital. Em ambientes on e offline, aposte em frases motivacionais dos mais diferentes tipos.

  4) Tudo a partir de casa – as novas dinâmicas sociais, que incluem a possibilidade de trabalhar de casa, facilitam a vida de quem não quer sair para absolutamente nada. Reuniões, exercícios físicos, trabalhos manuais… Tudo isso tem incentivado as pessoas a investirem forte na própria casa – e isso vai desde jardins (internos ou externos) até cómodos temáticos com aparelhagem semiprofissional, como cafeterias ou barris de cerveja.

  5) Inspiração internacional – mais do que fazer turismo, as pessoas querem ter a experiência de viver a vida local. Conhecer e admirar aspectos culturais de outro país tem feito com que aumentem as buscas por receitas, costumes e objectos específicos de um lugar. Entre eles: sobremesas filipinas, receitas africanas, antiguidades francesas, banheiros / casas de banho espanholas e salas indianas.

  6) Animais mimados – os donos de pets estão dispostos a praticamente tudo para verem seus bichinhos felizes e saudáveis. Pesquisa realizada recentemente na Inglaterra indica, inclusive, que elas cortariam gastos pessoais para dar uma vida melhor ao seu bichano. Tem crescido substancialmente a procura por dicas para roupas e fantasias para animais, ideias para bolos de aniversário e inspirações para tatuagens com esta temática. Hábitos de luxo para caninos e felinos também estão em alta: a busca por spas e resorts para animais subiu 260% em um ano.

  7) Turismo responsável – diminuir o impacto causado no meio ambiente enquanto viajamos é uma nova preocupação. Ao mesmo tempo em que as pessoas querem explorar novos lugares, querem também fazê-lo de maneira mais responsável. Visitar cidades sustentáveis, aprender sobre agricultura e ter experiências ecologicamente responsáveis durante as férias são, definitivamente, tendências para o turismo nos próximos anos.

  8) Vida ao ar-livre – estar em contacto com a natureza é um contraponto ao vício digital. Com a percepção da necessidade de desconectar, a busca por inspirações de actividades, esportes / desporto e, claro, moda ao ar livre tem sido uma constante. Destaque também para o interesse em trazer um pouco de natureza, especialmente em forma de plantas, para dentro de ambientes fechados.

  9) Espaço sideral – estrelas, constelações, Lua e tudo o que envolve a nossa galáxia está aguçando a curiosidade das pessoas. Festas temáticas e actividades infantis dominam a lista das buscas, mas a NASA também anda em alta. Neste contexto, destaque, ainda, para assuntos relacionados à Astrologia – inclusive produtos e serviços, incluindo festas de aniversário, personalizados para cada signo.

10) Anos 1990 – uma descoberta para alguns, nostálgico para outros. O facto é que as cores, a moda e os comportamentos desta década estão na cabeça das pessoas ultimamente – especialmente entre os Millenials e a Geração Z. A música, os cartoons e a moda daquela época servem de inspiração para os internautas, que gostam do brilho que marcou aquela década.

Carolina Sales Marouvo (carolinamarouvo@hotmail.com) é jornalista com especializações em análise de tendências e comunicação empresarial. Divide o coração entre o Rio de Janeiro, sua cidade natal, e Lisboa, onde vive atualmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *