NOVA COLUNISTA: Delziana Souza - A diversidade e os estereótipos rompidos na comunicação.

Share Button

A comunicação é uma ferramenta muito poderosa que tem a capacidade de aproximar, afastar, simpatizar, representar, engajar, conscientizar e, principalmente, influenciar. Com o avanço tecnológico, a informação se tornou mais difusa, acessível, e também possibilitou pessoas a compartilharem suas opiniões e sentimentos nos mais diversos canais de comunicação.

Elas querem ser ouvidas, representadas e incluídas na sociedade e, por isso, consomem e apostam em marcas com que mais se identificam: aquelas que compartilham dos mesmos valores e que são claras em seus posicionamentos. É aí que os conteúdos de branded content começam a se encaixar e toda a atmosfera da marca é criada.

Branded content consiste na definição de estratégias que são relevantes para o público-alvo com a intenção de engajar e aproximar os valores que têm em comum com seus consumidores.

Então, como os tempos mudaram, a capacidade de adaptação das empresas é fundamental para a sua permanência no mercado. Ao longo do tempo, várias delas estão buscando quebrar tabus e estereótipos impostos pela sociedade.

Tomando como exemplo algumas marcas de cerveja, a comunicação mudou radicalmente de uma linguagem totalmente direcionada ao público masculino para uma linguagem que apoia a diversidade, como é o caso da marca Skol. Na campanha ‘Redondo é sair do seu passado‘, a empresa assume o seu passado machista, deixando-o para trás e apresenta uma nova fase, incluindo mulheres e, também, o público LGBTQ.

Para comparação:

ANTES

DEPOIS

 

Outro exemplo, é o da marca Heineken, que em uma campanha mais recente, rompe com o estereótipo de que homens bebem cerveja e mulheres bebem drinks. O vídeo foi divulgado no Instagram oficial da marca e você pode conferir o vídeo clicando aqui.

Já algumas empresas, como Dove e Always, buscam exaltar a beleza feminina, romper os preconceitos em relação aos padrões estéticos e à capacidade da mulher em realizar diversos tipos de atividades:

https://www.youtube.com/watch?v=XjJQBjWYDTs&t=7s

E, para fechar, além dessas, uma bela campanha que quebra esses padrões, foi  da ONG americana Ad Council. O filme mostra, por meio de um Raio-X, que todos são humanos, independente da cor, religião e crenças. Vale a pena conferir o vídeo!

O fato é que falar sobre assuntos de cunho social são extremamente relevantes na luta contra o preconceito, já que grandes marcas têm um forte poder de influência sobre as pessoas e seus consumidores.

Delziana Souza por ela mesma: Delziana (que é chamada também de Dedê) é redatora publicitária formada pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF). Trabalha na criação de campanhas e ações para uma construtora da cidade. Tem, também, ampla experiência em agências. É mineira e não recusa uma boa conversa.

Portfoliohttps://www.behance.net/dedesouza | LinkedInhttps://www.linkedin.com/in/delzianasouza/