Mas então, do que se fala quando o assunto é Comunicação Institucional? Por Paula Ribeiro.

Share Button

Não conheço em Portugal um espaço de discussão, análise e partilha de temas relacionados com a comunicação institucional. Faz falta, na minha opinião!

Também faz falta, na minha opinião, que as empresas portuguesas valorizem mais esta disciplina dentro da comunicação empresarial. Que esta não seja apenas uma realidade das grandes organizações.

Se alargarmos a visão do conceito, as suas competências podem muito bem estar diretamente ligadas com as relações públicas, políticas de sustentabilidade, responsabilidades (social e ambiental, por exemplo), relação com os media, social media, canais on-line e, muito importante, a política de comunicação interna. Se o corpo da instituição não ‘transpirar’ a relevância da mensagem é possível que ela não tenha o alcance desejado.

A comunicação institucional é, portanto, uma disciplina de extrema importância no contexto comunicacional de uma empresa. E se a sua importância tem vindo a ser crescente, atualmente ela é determinante (e será cada vez mais), na gestão da reputação e imagem de uma organização.

Os desafios dos tempos digitais são grandes e têm obrigado as empresas a enfrentar grandes restruturações e algumas confusões conceptuais. Não admira! O ruído é muito, mas também é efémero! A moda de hoje, já não é a mesma de ontem e nem será, certamente, a mesma de amanhã!

Ter um plano de comunicação digital a prazo só terá valor se tiver uma monitorização mínima diária. A amplitude dos canais on-line pode determinar a forma como as empresas são percebidas e, por isso, pode ser um risco se não forem devidamente monitorizados. Entender estas novas dinâmicas pode não ser tarefa fácil, por isso a importância de levar esta realidade para a balança das prioridades na hora de decidir.

Uma boa gestão da comunicação institucional é um forte contributo para preservação do valor (e dos valores) das instituições, organizações e marcas. Ter um bom profissional na sua gestão, com uma visão alargada sobre a disciplina, será com certeza uma grande mais valia, mas pode não ser suficiente. É importante que toda a organização conheça e reconheça a importância desta função.

Boa semana!

O abraço do costume.

Paula Ribeiro
Head of Marketing and communication at bloom up

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *