DNA DE MARCA - O 'post' compartilhado mais de 9 milhões de vezes.

Share Button

Com certeza o simpático post com um golden retriever passou pelo seu Instagram, mas eu aposto que você não sabe que essa foi uma ação desenvolvida por uma empresa de contabilidade, a Moresco Contabilidade.

O post diz que todo ano a empresa realiza uma ação para doação de ração para os bichinhos, mas neste ano eles resolveram inovar com esse post, que por sinal deu muito certo. A publicação no Instagram recebeu 3 milhões de curtidas, 22 mil comentários, 9 milhões de compartilhamentos e 132 mil salvamentos.

O perfil da Moresco Contabilidade ganhou muitos seguidores e o resultado foi muito além do que a empresa esperava, mas será que todas as pessoas que participaram são o público-alvo da empresa? As pessoas que compartilharam ao menos viram o nome da empresa?

A campanha não tem relação alguma com o serviço oferecido pela Moresco, ou seja, a maioria das pessoas atingidas não constitui o seu público-alvo. Se o objetivo era ganhar seguidores, aumentar a relevância do perfil na plataforma e acabar com o paradigma de que o pessoal de contabilidade é chato – como eles mesmos citaram no post de resultado da campanha -, ele foi atingido com sucesso. Mas, se o objetivo era trazer novos clientes, esse foi por água abaixo. Claro que não podemos esquecer que o objetivo principal era arrecadar ração para os animais, mas sabemos que nem sempre esse é o principal objetivo definido pela equipe de marketing.

O marketing reverso consiste em elaborar estratégias menos agressivas para atrair os consumidores. O intuito é que o público busque pela marca e não que a marca lute pela atenção do público, como acontece na maior parte do tempo no ambiente digital – quando o usuário é bombardeado por anúncios. Não podemos negar que a estratégia utilizada pela empresa de contabilidade foi um sucesso, mas poderia ter sido melhor ainda se o objetivo estivesse mais claro. Agora, é provável que o perfil perca seguidores à medida em que eles percebam que o conteúdo não é de seu interesse. Outras empresas também entraram na onda, acabaram utilizando a mesma estratégia e cometendo o mesmo erro. Nem sempre o que você mais precisa é de visibilidade, pois o que mantém uma empresa viva são os clientes, é deles que ela precisa, mas muitas vezes as marcas não sabem como focar no público-alvo e acabam “atirando para todo lado”.

Podemos perceber como é importante alinhar estratégia e objetivo antes de testar qualquer ideia. Se der errado é aprendizado e se der certo é ótimo. Sempre conte com a ajuda de profissionais qualificados – eles saberão exatamente o que fazer.

Maria Gabriela Tosin é graduada em Relações Públicas pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e especialista em Mídias Digitais pela Universidade Positivo. É criadora do blog pippoca.com, atuou como pesquisadora na área de artes e mídias digitais e no momento atua em agências de publicidade e é colaboradora em diversos blogs.