COMPLIANCE HUMANIZADO - Ética na formação profissional. Por Marcela Argollo.

Share Button

Cada dia mais nos deparamos com situações nas quais precisamos optar por algo em detrimento de outro. Fazer escolhas não é algo fácil, pois precisamos ponderar um conjunto de valores (não negociáveis), que formam sentido e sustentam nossas escolhas.

Agir de maneira ética é importante e essencial para que haja um equilíbrio na sociedade como um todo, pois dessa forma conseguimos refletir mais sobre nossas ações e como elas impactam as outras pessoas.

A reflexão ética busca problematizar as questões relativas aos costumes e à moral de uma sociedade, sem recorrer ao senso comum, tentando estabelecer, de maneira moderada e com uma visão questionadora, o que é o certo e o errado e a linha, muitas vezes tênue, entre o bem e o mal.

O cenário pós-pandemia nos trouxe muitos desafios, entre os quais mudanças de paradigmas que nos levam a repensar as ações em nosso cotidiano, havendo assim uma certa crise nos valores éticos, influenciando a formação profissional do individuo. O sucesso material passou a ser sinônimo de sucesso social e o êxito pessoal deve ser adquirido a qualquer custo.

O empresário conjectura o lucro e a competitividade do mercado no qual está inserido. Porém, o pensamento deve ser ter visão e foco no propósito e em qual melhor planejamento estratégico para conseguir atingi-lo. O cenário atual é cada vez mais da supervalorização de se ter bens materiais e de se obter benefícios financeiros em detrimento da compaixão, empatia e bom coração, de solidariedade e do respeito ao outro, o que influencia diretamente aspectos de atitudes éticas.

Em meio à ostentação e ao consumismo começa a surgir a reflexão sobre até onde obter sucesso com base no “tirar vantagem de tudo” em conjunto com o “jeitinho brasileiro” condiz com atitudes éticas. O caminho para que essa equação se normalize é o investimento em desenvolvimento profissional através de conscientização e educação corporativa recorrente!

Marcela Argollo é formada em Administração de Empresas e Ciências Contábeis com MBA em Finanças e Compliance. Professora EAD da Fundação Getulio Vargas (FGV) para as disciplinas de Compliance, Controladoria, Planejamento e Liderança Estratégica. Coordenadora EAD da Brain Business School.