Apoiadores usam site não autorizado pelo TSE para aumentar influência de pré-candidatos.

Share Button

Deu ontem n’O Globo (P. 3), na matéria de Marco Grillo e Juliana Castro:

Lei determina que sites de financiamento coletivo sejam cadastrados no tribunal.

LINK – https://oglobo.globo.com/brasil/apoiadores-usam-site-nao-autorizado-pelo-tse-para-aumentar-influencia-de-pre-candidatos-22881533

COMENTÁRIO

O TSE sonha com o controle das ‘fake news’ e do financiamento ilegal de campanhas. É só um sonho mesmo, porque as eleições deste ano têm o potencial de mergulhar o Brasil numa crise sem precedentes. Simplesmente não há como controlar o que acontece no WhatsApp ou com as rentáveis invenções (a) compartilhar e (b) impulsionar ‘fan pages’ do Facebook. Este OCI declara Mark Zuckerberg o inimigo público número um das eleições brasileiras de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *