Google cria indicador para notícia falsa. Empresa exibirá alerta sobre veracidade junto a artigos verificados.

Share Button

Deu hoje n’O Globo (P. 25):

Em mais um exemplo da atuação de uma grande empresa agindo contra a disseminação de notícias falsas, o Google vai acrescentar uma indicação de fact-checking (verificação de fatos) nos resultados de buscas em sua seção geral e na de notícias.

Assim, ao fazer uma busca, a pessoa verá, ao lado de resultados que passaram pela checagem de fatos, uma indicação de que aquela história é “falsa” ou “basicamente verdadeira”, de acordo com a avaliação feita por uma das mais de cem empresas jornalísticas ou grupos de fact-checking parceiros do Google. Entre estas estão BBC, “The New York Times”, “Washington Post” e PolitiFact.

A medida é tomada após uma série de críticas pressionando a empresa por causa de conteúdos indevidos que aparecem em seus resultados, e também depois de ações de outras companhias buscando combater as notícias falsas.

O plano é reservar essa sinalização para resultados sobre queixas públicas a respeito de fatos, e não de opiniões. E, segundo uma porta-voz da Google, não haverá alteração na posição em que aparecem resultados que tenham sido verificados. (Bloomberg News)