OCI promove documentário de Manoel Marcondes Neto sobre os 100 anos de RP no Brasil.

Share Button

Documentário 100 anos de RP no Brasil - still

HOJE, na ilha de edição “B” da produtora Cannal Z, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, foi dado o ponto final na produção do documentário “1 jornalista 10 errepês 100 anos…”, de Manoel Marcondes Neto, co-fundador do OCI, sobre o centenário da atividade no Brasil.

O Cannal Z, parceiro de primeira hora deste OCI, é dirigido por Marcello Palma, jornalista, e Marcos Palma, engenheiro de televisão. Os dois irmãos, gêmeos, especializaram-se na área de vídeos corporativos, e atendem a uma fiel e vasta clientela.

O documentário de 70 minutos homenageia a atividade de RP, inaugurada no Brasil em 1914 pela empresa canadense “The São Paulo Tramway Light & Power Company Limited”, a “Light”, em sua sede paulista. O primeiro departamento de RP numa empresa brasileira surgiria em 1951, na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).

O Brasil foi um dos primeiros países a conhecer a atividade que objetivava “dar satisfação aos clientes”, criada pelo jornalista Ivy Lee (DEPOIS de abandonar a redação – como deve ser), apenas 8 anos antes nos Estados Unidos – uma nova profissão liberal.

A ABRP viria em 1954. Sua organização e capacidade de aglutinar os profissionais de então é que deram origem ao Conferp e à profissão regulamentada – condição válida até hoje, assim como a exigência do bacharelado em Relações Públicas para o exercício profissional.

O cerne da atividade de RP, por lei, é a informação de caráter institucional – justamente a base sobre a qual foi fundado o Observatório da Comunicação Institucional.

Este ano, sobretudo na data de 2 de dezembro, quando se comemora o Dia Nacional das Relações Públicas, o OCI promoverá exibições do documentário seguidas de debates com estudantes, professores, pesquisadores, profissionais, agentes, head hunters e empreendedores contratantes de errepês em potencial.

Se você quer agendar uma dessas exibições ainda em 2014, ano do centenário, entre em contato com a gente. Depois, o vídeo poderá ser visto aqui no Portal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *