DE PORTUGAL PARA O MUNDO - Rebranding de 1290: Universidade de Coimbra.

Share Button

Deu em 25/06/2019 – no ‘Notícias da UC’ – de Portugal (LINK AQUI):

Universidade de Coimbra anuncia ‘rebranding’ da logomarca, enfatizando o ano de sua fundação.

COMENTÁRIO

Um processo de ‘rebranding’ cabe, na mudança de uma marca, numa renovação de um posicionamento ou, no caso da Universidade de Coimbra, na reafirmação da sua tradição como uma das Universidades mais antigas da Europa.

A busca por uma diferenciação das demais Universidades do país é essencial para qualquer desenvolvimento de marca. A ideia da reafirmação da data da fundação carrega o peso de um conhecimento que ultrapassa gerações, com professores catedráticos, pisos e paredes que contam muitas histórias. Mas o pensamento fica.

Será que marcas emblemáticas ao longo dos anos – que baseiam o seu posicionamento na história -, não deveriam apostar na inovação?

No progresso e no acompanhamento do desenvolvimento tecnológico e do mercado questiono-me se – para além da marca – a Universidade de Coimbra não deveria seguir um caminho mais moderno, sem perder a sua linha de tradição, mas investir em ofertas mais modernas e contemporâneas de estudos. Como estudante de mestrado, questiono quão potencial reposicionamento um ‘rebranding’ trará, de fato, para a Universidade. O pensamento dos alunos irá mudar? A sociedade continuará a ver a UC apenas ligada ao tradicionalismo? Onde encontram-se as associações mais atuais do que a UC oferece a seus alunos? Estes questionamentos circundam sempre qualquer marca de instituição de ensino superior quando estas realizam um processo de ‘rebranding’.

A partir desta semana vamos acompanhar como a imagem da Universidade vai se transformar, ou não, a partir do lançamento da sua nova logomarca.

Caroline Kalil Reimann é publicitária com especialização em Comunicação Corporativa pela ESPM-Sul e mestranda em Marketing pela Universidade de Coimbra, Portugal.

Uma resposta para “DE PORTUGAL PARA O MUNDO – Rebranding de 1290: Universidade de Coimbra.”

  1. carmen regina schimitd barbosa disse:

    Bem interessante a proposta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *