Seja mais, fale depois.

Share Button

“Esse processo deve começar por um exercício interno de formulação e formalização de valores morais: integridade, anti-corrupção, governança, respeito aos direitos humanos no ambiente de trabalho, promoção social da comunidade, relacionamento transparente com ‘stakeholders’, envolvendo todos os acionistas, dirigentes, funcionários, terceiros e fornecedores. E divulgar amplamente a realização desse trabalho”.

Nemércio Nogueira

Como síntese de uma visão das Relações Públicas, costumo escrever “seja mais, fale menos”, ou seja, para melhorar seus relacionamentos torne-se uma empresa melhor. E quando a mudança é flagrante, os fatos (praticamente) falam por si. Nemércio conclama os profissionais das áreas institucionais a liderar uma revolução dos modos de se relacionar de empresas e governos que poderia ser uma versão “seja mais, fale mais”, para reverter a onda de má reputação das instituições. Eu acrescentaria que a comunicação institucional nesse momento de crise deveria pautar-se pela exposição de evidências incontestáveis de mudanças de atitude e comportamento, sem firulas. Leia a íntegra do artigo em

http://observatoriodaimprensa.com.br/comunicacao-social/nao-e-hora-da-comunicacao-institucional-ir-alem-da-rotina/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *