#hashtag_provoca_maremoto

Share Button

Há mais de um ano, no O.C.I., vimos denunciando a tal da ‘mídia programática’, excrescência produzida pelas mentes mais treinadas das T.I.C. – Tecnologias da Informação e da Comunicação.

Popularmente conhecidas pelo – péssimo – termo ‘monetização’, as ‘técnicas’ por detrás da ‘gratuidade’ da internet, agora, parecem incomodar os ‘bem pensantes’, pois anúncios ‘limpinhos’ foram parar em vídeos do ‘gabinete do ódio’.

Parece que o caso da Cruz Vermelha – que comentamos no O.C.I. há muito e cujos conteúdos, ‘programaticamente’ deram suporte a vídeos de recrutamento para ‘trabalhar’ no ISIS -, não sensibilizou o bastante.

O vírus da desinformação via redes sociais e WhatsApp foi detectado por nós ANTES do pleito eleitoral de 2018, mas somos pequenos e parecíamos mudos na algazarra que se formou só DEPOIS dos estragos.

E aí, quem a mídia perfumada chamou para comentar o absurdo papel das malfadadas ‘fake news’ em eleições? Igualmente cheirosos filósofos, antropólogos e politólogos – que estão longe de conhecer as T.I.C. além de usuários.

Será que algum parlamentar – daqueles que ficam recitando lugares-comuns na CPMI dos ‘bots’ (difícil saber quem desconhece mais por lá – se quem pergunta ou quem é perguntado) – terá coragem de ‘desmonetizar’ as redes sociais?

Cartas para a Redação.