Habemus Habermas! Deu hoje n'O Globo.

Share Button

(P. 2), no texto de Merval Pereira (”O público e o privado”):

”É gravíssimo, se confirmado, que um dos filhos de Bolsonaro tenha acesso à senha do Twitter e fique postando em nome do pai”.

(P. 3), no texto de Flávia Oliveira (”Cinco lições vindas da Bahia”):

”A sociedade hiperconectada derrubou a fronteira entre público e privado. Pessoas jurídicas contaminam pessoas físicas e vice-versa. Um profissional será cobrado pelo mau comportamento de seu empregador, cliente, fornecedor. Atitudes condenáveis de um indivíduo podem resvalar na corporação ou marca a que esteja vinculado. As parcerias são indissociáveis. Convém saber”.

(P. 3), no texto de Nelson Motta (”Linguagem é destino”):

”Como mostram as diferenças culturais entre ser chamado de ‘tax-payer’ ou de ‘contribuinte’, a linguagem revela muito sobre o jeito brasileiro de viver”.

COMENTÁRIO

Em vez do disse-me-disse, entramos na era do post-que-post.

É assustador – e também pedagógico – assistir ao embate que se trava no primeiro escalão do Governo brasileiro, sobretudo para aprendermos o que NÃO fazer. Mas há algo pior: municia-se uma imprensa rasa baseada na futrica. A mídia desperdiça nosso precioso tempo discutindo – e comentando – se a personagem fez um, dois, três ou zero tuítes… na terça ou na quarta, se de manhã, de tarde ou à noite.

Não testemunhei antes uma comunicação tão incompetente, uma cobertura tão inepta e uma repercussão tão incompetente. Como pode um país deste tamanho ainda tratar a comunicação como ‘figurinos e adereços’?

Clipado do El País (08/05/2018), em entrevista a Borja Hermoso: ”Não pode haver intelectuais se não há leitores”. Jürgen Habermas.

Prestes a completar 89 anos, o filósofo vivo mais influente do mundo está em plena forma. O velho professor alemão, discípulo de Adorno e sobrevivente da Escola de Frankfurt, mantém mão de ferro em seus julgamentos sobre as questões essenciais de hoje e de sempre, que continua destilando em livros e artigos. Os nacionalismos, a imigração, a Internet, a construção europeia e a crise da filosofia são alguns dos temas tratados durante este encontro na sua casa em Starnberg… LINK – https://brasil.elpais.com/brasil/2018/04/25/eps/1524679056_056165.html

 

 

2 respostas para “Habemus Habermas! Deu hoje n’O Globo.”

  1. Alcilene disse:

    Oii.
    Boa noite , tudo bem?
    Uma pergunta!
    É que estou fazendo uma pesquisa sobre o autor , Jurgen Habermas , e não estou conseguindo encontrar informações sobre ele hoje , opiniões dele sobre a sociedade , e etc …

    • Marcondes Neto disse:

      Olá, Alcilene, agradeço – em nome do O.C.I. – sua mensagem e interesse. O pensador tem diversos livros e artigos científicos publicados e, diferentemente de outros acadêmicos da atualidade, não é ‘arroz-de-festa’ na mídia. Há participantes no O.C.I. que estudam os temas em que obras de Habermas são as fontes. Vou solicitar a eles que voltem a esta postagem e tentem ajudá-la. Abraço, Manoel Marcondes Neto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *