Vender ou não por WhatsApp? Por Duda Polibiano.

Share Button

Depende do relacionamento que você tem com o seu cliente…

Muita gente vai achar invasivo o contato via WhatsApp… e outras pessoas vão achar prático.

Bem, para que você seja assertivo, siga alguns processos:

– Ao captar o número de WhatsApp do prospect pergunte se ele está disposto a receber informações, ofertas exclusivas, convites e novidades sobre a sua empresa, o famoso OPT IN.

– Ofereça algo em troca, seja um desconto, uma informação exclusiva sobre o seu mercado, uma dica, um convite para um evento, um brinde… faça com que ele se sinta privilegiado de participar de uma seleta lista.

– Divida as listas por interesses de compra; não mande tudo para todos.

– Ofereça a oportunidade de ‘sair da lista’ ou OPT OUT a qualquer momento.

– Cuidado com a frequência; ninguém gosta de receber mensagens de promoções a todo momento.

E a ferramenta: o que é melhor; lista de transmissão ou ferramenta de disparo de mensagens?

Eu aconselho a segunda opção, porque, para quem não sabe, apenas recebem a lista de transmissão aquelas pessoas que têm seu contato salvo no telefone. Ou seja, se uma parte da sua lista de clientes não tiver o seu número de WhatsApp, não receberá… e o trabalho vai por água abaixo.

Agora, se você for uma empresa ainda muito pequena, ainda sem possibilidade de investir em um disparador, faça o envio da mensagem uma a uma de forma personalizada.

Gostou das dicas?

Compartilhe com seus amigos que são micro e pequenos empresários – pois pode ser útil também para eles.


Duda Polibiano tem MBA em Marketing e Gestão de Negócios e é especialista em Marketing Digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *