Social media: some tips. Por Jennifer Roza.

Share Button

O objetivo do texto de hoje é, além de compartilhar com você um pouquinho da minha experiência nessa área, dar algumas dicas valiosas. Talvez você acabe não cometendo os mesmos erros que eu cometi, que todos cometemos, pois essa é uma das melhores maneiras de se aprender, ‘quebrando a cara’ e seguindo em frente. Entretanto, nada impede a gente de aprender através do exemplo.

Inovação, criatividade, empatia, eu diria que – na minha visão – são as palavras de ordem para aqueles que desejam se aventurar nesses mares. Hoje a quantidade de conteúdo é enorme, e é óbvio que se você quer ter um perfil de sucesso nas redes sociais vai precisar encontrar uma forma de se destacar, seja engajando através do conteúdo, por meio de memes, promoções… O que importa é conhecer e se conectar com o seu público, afinal, ‘vocês precisam falar a mesma língua’!

Faça a sua persona!

O que é mais importante para um profissional de RP do que conhecer o seu público? Às vezes pode até parecer clichê e mesmo cansativo esse papo de conhecer o público da sua marca, mas o básico nunca sai de moda. Pesquise; se você ainda não sabe com quem está falando, como você espera conquistar o coração e a mente dos seus consumidores? Produzir conteúdo assim seria como conversar com as paredes! Você deve conhecer o seu público intimamente e, se possível, fazer a sua persona juntamente com os seus gestores. Nada melhor para fazer a conexão rolar com o seu público do que saber o que eles pensam sobre determinados assuntos, saber que tipo de conteúdo interessa ou não, não é mesmo?

Seja criativo, mas não invente moda!

As redes sociais até podem parecer uma terra sem lei, onde podemos falar e fazer de tudo, o que vale é o último lacre, né? Espera aí! Não é bem assim, não! Às vezes é melhor ficar quieto do que passar vergonha. A sua marca não precisa usar todos os memes apenas para impressionar, se não é isso que o seu público aprecia. Você está trabalhando pensando em agradar o seu público ou em uma forma de impressionar os seus colegas e amigos? Por outro lado, também não é bom ver mais do mesmo. Seja criativo, mas com parcimônia. Obviamente tente não se meter em temas polêmicos, mas se quiser arriscar porque pode ser um conteúdo que engajaria com o seu público, esteja preparado para responder os inbox e nunca, eu digo NUNCA apague um comentário negativo, pois isso pode soar muito ruim para a página; oculte apenas. De uma maneira humanamente possível tente responder todos os comentários positivos e negativos de maneira personalizada e não copiando e colando as respostas. As pessoas gostam de se sentir exclusivas, de saber que receberam a devida atenção.

Be bold, mas nem tanto! Engaje, e interaja com seus seguidores!

Quando falamos por uma marca devemos saber usar o melhor tom de voz que a representaria. Isto também tem a ver com saber quem é o seu público e se conectar com ele, mas também quer dizer que a marca deve ter uma personalidade. Seja ousado, mas não exagere. Ficar em cima do muro não é bom nas redes sociais, mas tente ser justo. Você deve saber se posicionar, mas nunca perder a elegância. Em nosso trabalho como social media pode ser que nos deparemos com respostas muito negativas, com agressões, mas devemos sempre levar o profissionalismo acima de tudo e jamais responder uma ofensa mesmo que pessoal. Se um conteúdo deu certo, interaja com seus seguidores, peça para compartilharem, é uma ótima oportunidade para criar relacionamento para a marca.

Inove, reinvente-se sempre!

Mesmo em crises tente manter a calma. Esteja preparado, e use isso como uma oportunidade para se reinventar. Erre, mas erre rápido! É normal que nem sempre as coisas deem certo, mas tire isso como uma experiência, porque o que não é normal é seguir persistindo em algo que você percebe que não está dando certo. Não desista! Nesses momentos as redes sociais podem parecer muitos perigosas e um ambiente muito hostil, mas lembre-se que hoje os consumidores frequentemente procuram sobre uma marca no Facebook antes de olhar sobre ela no Google. A sua marca deve estar presente nas redes sociais e nos canais mais utilizados pelo seu público.

Estude!

Estudar por aqui refere-se não apenas ao conhecimento acadêmico. Você pode dizer que a graduação não o preparou para isso mas você pode estar enganado. As nossas faculdades nos proporcionam conhecimento em áreas essenciais para quem precisa se relacionar; temos aulas de Filosofia, Sociologia, de redação, algo que sem dúvida foi muito importante para tornar você o profissional que é hoje. O conhecimento está espalhado pela internet e há ótimos cursos de extensão gratuitos sobre marketing digital. Eu recomendo os da FGV e os da Rock Content, mas há muitos disponíveis a quem tiver interesse, basta dar uma rápida pesquisada. Além disso, você aprende muito no dia-a-dia, ‘botando a mão na massa’. Desenvolva a sua capacidade analítica ao fazer um relatório. Isso é muito importante e irá te ajudar muito na sua carreira. Mensuração é fundamental! Aproveite cada oportunidade no trabalho, dedique-se a novos projetos. Tive grandes experiências fazendo trabalhos voluntários para ONGs e, além de aprender, ajudei boas causas.

Procure inovar, aprender sempre! Essa área é muito dinâmica, as coisas mudam rápido e você precisa estar antenado. Além de estar atento às tendências é preciso dedicação, criatividade e várias outras palavrinhas que usei ao longo do texto. Acima de tudo, lembre-se: você está interagindo com seres humanos do outro lado da tela; trate todos com respeito e empatia, afinal um dia pode ser você!

Jennifer Roza é formada em Comunicação Social, habilitação em Relações Públicas, pela Universidade de Caxias do Sul. Tem experiência profissional em assessoria de imprensa, marketing digital e eventos. Além do trabalho em comunicação, também ministra aulas de inglês e atua como voluntária em projetos sociais em sua cidade, Caxias do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *