Pandemia e o dia a dia do profissional de comunicação. Por Vanessa Vargas.

Share Button

Passados dois meses do início do isolamento conseguimos perceber dois momentos distintos quanto à comunicação nas empresas. O primeiro foi de paralisia, ninguém sabia o que fazer e a medida inicial foi cortar gastos. Contratos cancelados, verba suspensa e incerteza total. Depois, viu-se a importância de manter os públicos informados das mudanças e dos novos canais de venda. Ao perceber isso os departamentos de comunicação ganharam papel de destaque. Nas pequenas empresas, onde as equipes são enxutas, viu-se a urgência de contar um profissional  especializado.

A partir deste segundo momento, de necessidade de manter a comunicação durante a pandemia, os profissionais da área estão se deparando com uma realidade desafiadora: demanda de trabalho maior, menor time para dividir as tarefas e verba, muitas vezes, reduzida. Profissionais de comunicação têm lidado com uma carga horária de trabalho extensa na busca de manter os resultados e apresentar soluções rápidas e eficazes para as novas demandas que não param de chegar.

Assim, é essencial manter o foco em um momento de pressão extrema. Escolher os melhores caminhos, buscando a transparência e assertividade na comunicação, pede tranquilidade. Nesse cenário, é preciso fazer pausas entre uma pauta e outra, mantendo o pensamento longe do caos gerado pela crise sanitária, econômica e política. O home office é outro desafio, nem sempre o ambiente é o ideal, facilitando o desvio de atenção, com filhos, tarefas domésticas e tantas outras distrações.

A pandemia mudou a rotina de todos os profissionais e cada área tem desafios a transpor diariamente. Na comunicação, o maior obstáculo é estar atento a possíveis armadilhas e falhas que possam impactar negativamente na reputação das empresas e para isso é fundamental estar em equilíbrio.

Vanessa Vargas é relações-públicas, diretora da DuJour Comunicação e diretora de Relações Públicas da Federação das Associações de Jovens Empresários do Rio Grande do Sul – FAJERS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *