O consumidor contemporâneo. Por Flávia Ferreira.

Share Button

O comportamento de compra mudou na era digital. Atualmente os clientes tendem a confiar mais nas recomendações de pessoas próximas ou de influenciadores com os quais se identificam do que em conteúdos patrocinados. Uma pesquisa do Instituto QualiBest, divulgada pelo Meio & Mensagem no início de janeiro, afirmou que influenciadores já são a segunda fonte para tomada de decisão. Kotler já trazia esta discussão quando falou dos ‘4 Fs’ do Marketing na era digital – Friends (Amigos), Family (Família), Fans (Fãs) e Followers (Seguidores) -, que seriam na verdade os principais responsáveis pelo sucesso no longo prazo dos mais diversos produtos, serviços, soluções e empresas.

‘Um dos dados apurados mostra que eles são a segunda fonte de informações para a tomada de decisão na compra de um produto, citada por 49% dos respondentes, perdendo apenas para amigos e parentes, citados por 57% dos respondentes’, explica Daniela Malouf, diretora-geral do Instituto QualiBest. O levantamento foi realizado com 700 pessoas por meio de questionário online. Os entrevistados são de todas as classes e com idades entre 20 e 29 anos.

A mudança nesse comportamento de compra trouxe inúmeros desafios para as marcas, seja em como medir o impacto de sua ação ou em como escolher as melhores pessoas para falar pela sua marca. Em palestra promovida pela especialista em Comunicação Integrada Isabela Pimentel, realizada no IED Rio – Istituto Europeo di Design, na última semana, alguns pontos interessantes foram destacados, dentre eles a importância de falar com o nicho. O número total de seguidores é o que menos importa na conta de engajamento das redes.

Os conceitos de influência digital vêm mudando com o passar dos anos. Hoje já trabalhamos com o conceito de ‘nano-influenciadores’, que são pessoas com menos seguidores (entre 1 mil e 10 mil), mas que engajam muito. Parte deste conceito está vinculado ao marketing de comunidade, que pode ser entendido como a tentativa de estreitar laços com as pessoas que já consomem seus produtos e serviços, monitorando suas necessidades e suas impressões a respeito da sua marca ou da sua empresa.

Atualmente, criar valor e gerar significado para os consumidores é o que importa.

Flávia Ferreira é jornalista pós-graduada em Gestão Estratégica da Comunicação. Com mais de 10 anos de atuação profissional, já navegou pelo terceiro setor, o setor público e o privado, sempre trazendo o viés social para o trabalho cotidiano, seja com comunicação corporativa, gestão de marcas ou reportagens de campo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *