Leitura: atributo essencial para um profissional diferenciado. Por Andrea Nakane.

Share Button

Conhecimento é algo fabuloso, ele jamais sai da moda e do interesse humano, pelo menos de algumas pessoas.

É equação inexata, na exatidão do seu valor: quanto mais você o tem, menos abrangente é sua intenção de totalidade e pluralidade.

Há diversos meios de obtê-lo, sobretudo com o avanço das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) dominantes na nova realidade social.

Entre essas possibilidades, há um método muito tradicional, e que acompanha a humanidade desde o marco da invenção da prensa de Johannes Gensfleish, conhecido como Gutenberg, que permitiu a impressão em massa de livros – que antes eram escritos à mão, começando uma revolução na Europa em meados de 1455.

Agora, também, em versão digital, por meio dos e-books, essa forma de ampliar o conhecimento tem demonstrado vigor e ultrapassado a temporalidade.

Há ainda muitos que não desenvolveram o gosto pela leitura e têm verdadeira ojeriza em ler um livro. Mas isso é uma questão de quebrar esse paradigma de repulsa e gerar novos hábitos em suas vidas. Sempre é tempo!

Algumas áreas profissionais ainda têm muito escassa a oferta de obras sobre o setor – como é o caso de eventos.
Considerando como um dos mais impactantes e relevantes veículos de comunicação dirigida, eventos – tema inserido no meio corporativo brasileiro que ganhou mais visibilidade a partir do processo de redemocratização… e não parou mais.

Os números são expressivos. Segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira de Empresas Organizadoras de Eventos (ABEOC) e o Sebrae, em 2011, o setor gerava cerca de R$ 39 bilhões. Em pouco mais de 2 anos, a indústria de eventos corporativos passou a movimentar R$ 209 bilhões ao ano. Hoje, o setor representa mais de 4% do PIB brasileiro.

E mesmo com uma retração orgânica dos eventos presenciais em função do momento pandêmico que a humanidade atravessou, os eventos digitais ganharam espaço e ocuparam um importante papel estratégico para marcas, organizações e até mesmo no âmbito social das pessoas.

Isso tudo atrai todos os olhares para o ramo e a necessidade de constante aprimoramento daqueles que são regentes de seu uso. Por isso, é preciso celebrar o lançamento da coleção de livros Conecta que visa documentar e compartilhar informações fundamentais para a construção de uma melhor compreensão da indústria de eventos.

Documentar e compartilhar informações é fundamental para a construção de uma melhor compreensão e aprimorar relações entre diferentes regiões e culturas. Ou, como ensina a neurocientista social Thalia Weatley, “nossos cérebros evoluíram para serem sociais; precisamos de interação e conversas frequentes para manter a sanidade” – destaca Sergio Junqueira Arantes, CEO do Grupo Conecta Eventos e idealizador da coleção de livros Conecta Eventos.

“Nesse diapasão, apesar dos dissabores momentâneos, um mundo melhor se aproxima e carece cuidarmos de nosso quintal. um dos setores mais importantes, tanto econômica quanto cultural e socialmente, a indústria de eventos carece de dados confiáveis atualizados, de cursos universitários específicos e literatura especializada” – finaliza Junqueira.

A coleção prevê a produção de 25 livros abarcando os principais aspectos do setor: Arquitetura Cenográfica, Centro de Convenções, Comunicação, Convenções, Cerimonial e Protocolo, Diversidade, Economia Criativa, Educação, Entretenimento, ESG, Espaços para Eventos, Eventos Associativos, Eventos Disruptivos, Eventos Esportivos, Feiras de Experiência, Feiras de Negócios B2B, Feiras de Negócios B2C, Hospitalidade, Lançamento de Produto, Marketing de Destinos, Marketing de Incentivo, Segurança, Tecnologia e Viagens de Incentivo.

Já estão disponíveis os primeiros oito livros, reunindo um time de 60 autores entre os mais conceituados e experientes profissionais do setor. As obras têm a publicação assinada pela editora Reflexão. Sem dúvida alguma, uma excelente aquisição para a ampliação dos conhecimentos sobre os eventos e suas aderências.

Vamos ler, então?

Andrea Nakane é bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Relações Públicas. Possui especialização em Marketing (ESPM-Rio), em Educação do Ensino Superior (Universidade Anhembi-Morumbi), em Administração e Organização de Eventos (Senac-SP), e Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância (UFF). É mestre Hospitalidade pela Universidade Anhembi-Morumbi e doutora em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo, com tese focada no ambiente dos eventos de entretenimento ao vivo, construção e gestão de marcas. Registro profissional 3260 / Conrerp2 – São Paulo e Paraná.