COMUNICAR É PRECISO - 'Mindfullness Communication': atenção plena no momento da comunicação.

Share Button

Muito difundido nas mais diferentes áreas, o termo mindfullness resume um dos nós-chave do processo de comunicação que é estar ciente, consciente e ser capaz de viver aquela experiência por completo, com absoluta atenção. É o estar presente no aqui e agora da vez.

Para tanto, alguns passos são importantes:

1 – Estar ciente

O pontapé inicial para um processo de comunicação deve ser o propósito, o que se pretende, em última instância, ao comunicar aquele tema para aquele público. É preciso ter clareza do objetivo de comunicação e se preparar para tal. Para você, o que o tema significa? Você o compreende? Como se sente em relação a ele? Identificar as próprias emoções relacionadas o ajuda a trazê-las para a mesa de conversa de forma racionalizada.

2 – Estar consciente

Perceba seu público, observe sua própria comunicação e o que ela provoca, escute de forma ativa, sem ocupar a mente com julgamentos ou antecipações. Não julgue as reações como boas ou ruins. Apenas as perceba e busque no seu repertório elementos que possam aumentar a empatia com seus interlocutores. Avalie que elementos de contexto precisa explicitar para compartilhar o seu ponto de vista.

Mas não tenha a pretensão de gerar unanimidade. Em geral, quando ela acontece – ou a reação está velada ou a mensagem pode não ter sido plenamente compreendida.

3 – Atenção plena

Organize sua agenda e silencie as notificações dos aplicativos para que não seja interrompido por algo que possa esperar. Uma boa estratégia é deixar uma mensagem direcionando para algum contato de confiança durante o período e combinar uma forma diferenciada para acionamentos de emergência.

Busque combinar com o público os momentos de interação e siga um caminho desenhado previamente com termos importantes para organizar seus pensamentos e argumentos, sem deixar de fora elementos fundamentais ao entendimento da mensagem.

Da mesma forma, mantenha papel e caneta à mão para anotar suas percepções da audiência e possíveis questões para tratar depois.

Atenção plena exige muita disciplina, é um exercício constante, 25 minutos de cada vez (segundo a técnica Pomodoro), podendo ter intervalos de distração desde que também bem delimitados. Dá trabalho, mas evita retrabalho. Vale a pena começar.

Imagens:

Bronze figure of Kashmiri in Meditation by Malvina Hoffman.

Il pomodoro by Wiki Commons.

Fernanda Galheigo é jornalista com foco em comunicação interna e fortalecimento da liderança. Mãe de gêmeos, é apaixonada pela comunicação como forma de cura, ferramenta de gestão e de qualidade de vida.