COMUNICAÇÃO INTERNA E ENDOMARKETING - Datas comemorativas ou datas vazias?

Share Button

A comunicação interna e o endomarketing sempre deram conta do calendário de datas comemorativas dentro das organizações, num primeiro momento como uma motivação extrínseca (e quase sem verba) para melhorar o clima organizacional, obtendo um resultado positivo em um passado ainda recente.

Hoje as datas comemorativas devem conversar com a estratégia da organização, as ações escolhidas (pela gestão) devem trazer valor para os empregados e, principalmente, devem ser vistas como uma oportunidade de reforçar os valores e crenças internas.

Antes de começar a planejar uma ação do calendário é importante suscitar algumas questões iniciais:

– Como esta data conversa com a estratégia e a cultura da organização?

– Qual a mensagem a ser entregue nesta data para reforçar a cultura atual ou que a organização almeja ser reconhecida?

– Quais ações podem ser realizadas que sejam percebidas como valorosas para as pessoas que trabalham nela?

Desta forma não há risco de criar atividades extrinsecamente motivadas, que não são inerentemente interessantes. Este é outro ponto de atenção, a comunicação interna e endomarketing gastam (não investem) um tempo enorme para criar ações para os empregados. Sendo que a Geração Y, hoje quase 75% da força de trabalho(*), possuem características como colaboração e cocriação, ou seja, a comunicação deve fazer COM e não mais PARA os empregados.

Estamos próximos da primeira data comemorativa do ano, o Dia da Mulher. Uma ótima oportunidade de criar uma ação COM os empregados, que demonstre os valores e como a organização quer ser reconhecida pelos seus interlocutores internos e externos.

(*) Pesquisa Deloitte ‘The Millennial Survey 2016’.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *