COMPLIANCE PARA TODOS: Reflexão e compreensões sobre 'compliance' em microempresas e empresas de pequeno porte (parte 2). Por Rosana Ribeiro.

Share Button

Na parte 1 deste artigo a reflexão foi mais direcionada para o trabalho do compliance. Agora o objetivo é demonstrar o motivo da necessidade de haver transparência e apoio da Alta Administração em todos os ciclos dos processos de programas de integridade, porque não se trata apenas de implantar e implementar. Há, também, necessidade de um monitoramento contínuo, sempre testando os processos e realizando os ajustes necessários.

Leia a íntegra.

Rosana Ribeiro é gestora de projetos com cerca de cinco anos de experiência, MBA em Gestão de Projetos – AVM (2015); trabalhando há mais de dois com compliance. Fez Compliance pelo Insper (2019), e é pós-graduada em Compliance e Integridade Corporativa pela PUC/MG (2021). No momento está em transição de carreira para a área de Compliance.