BRANDING - Marca é mais do que um logotipo.

Share Button

O que você entende por ‘marca’? Um logotipo? Um símbolo? Uma identidade visual? Uma propaganda de televisão? Apesar das marcas originariamente terem surgido da necessidade de identificar a procedência dos produtos por meio de um símbolo, hoje elas têm um papel muito mais complexo nas nossas vidas.

Marcas são construídas a partir de um conjunto profundo de significados.

Elas são a percepção intuitiva, o sentimento espontâneo que as pessoas têm em relação à sua empresa, ao seu produto ou ao seu serviço. Por exemplo, quando você pensa nas ‘Havaianas’, qual a percepção ou o sentimento que você tem? Praia? Calor? Diversão? Descontração? Essa imagem é o que constrói a marca Havaianas. E isso é muito mais complexo e intangível do que meramente seu logotipo.

A sua marca não é o que você diz que ela é, mas sim o que as pessoas dizem que ela é. Ela é a reputação, a imagem construída ao longo do tempo na mente do consumidor. E você não tem total controle sobre isso, apesar de ter o poder de influenciá-la. Lembra da própria Havaianas que antigamente focava todo seu discurso em ‘não deforma, não tem cheiro, não solta as tiras’ e era vista pejorativamente como um ‘chinelo de pedreiro’? Então, como ela conseguiu se tornar hoje um produto caro, símbolo de brasilidade, utilizada por famosos que querem um estilo despojado? Ela investiu em ‘branding’.

Branding pode ser traduzido como ‘a construção e gestão do valor de marca’. E, conforme Neumeier, é ‘satisfazer os clientes para que MAIS pessoas comprem MAIS coisas por MAIS anos a um preço MAIS alto’. E isso não necessariamente é algo… ‘capitalista e ruim’.

Acredito que as marcas têm poder de entregar valor verdadeiro, proporcionar boas experiências e construir relacionamentos duradouros e genuínos com as pessoas, impactando positivamente nas suas vidas. E, consequentemente, isso gera maior fidelidade, mais vendas e mais lucros, impactando positivamente a empresa como um todo. Portanto, é uma relação de ganha-ganha.

Branding é justamente entender a essência única e verdadeira da sua marca e tangibilizá-la em TODOS os pontos de contato, com o objetivo de ter o maior controle possível da imagem que você está construindo na mente do seu consumidor. Portanto, o logotipo, a identidade visual, a propaganda e qualquer outro elemento que você associa ao conceito de ‘marca’ é uma mera consequência do que verdadeiramente a sua marca é.

Recomendo o livro ‘Zag – A Estratégia Número 1 das Marcas de Sucesso’, de Marty Neumeier, para entender mais sobre o assunto.

Camila Chisini – fundadora e diretora da Okta Branding & Design.

MBA em Branding: ‘Construção e Gestão de Marcas’ pela ESPM. Formada em Design Visual pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com Láurea Acadêmica e Prêmio ‘Destaque TCC’. Estudou Design e Comunicação Visual na ‘Politécnico’ de Turim, na Itália.

oktadesign.com.br | camila@oktadesign.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *