A vida tem que continuar... Por Rosane Gonçalves.

Share Button

A maior lição que aprendi na pandemia é que a vida tem que continuar.

Certa vez escutei a história de um ator que trabalhava como palhaço em um circo. O ator perdeu o pai no mesmo dia em que faria um espetáculo. Ele chorava nos bastidores, tomava água, respirava fundo e continuava o espetáculo. Divertia as pessoas ao mesmo tempo em que chorava pela morte do pai.

Quem neste momento não se sente um ator? O trabalho continua… enquanto as notícias trágicas chegam. Continuamos trabalhando porque a vida não pode parar.

É um pai, uma mãe, um primo distante, um amigo, um vizinho. Todo mundo conhece ou perdeu alguém por conta da Covid-19. Se não foi por causa da pandemia foi por um outro motivo qualquer. Mas continuamos com os projetos, planilhas, apresentações, ações e números.

Pois, afinal, o show sempre tem que continuar.

Imagem: Simon Abrams – Unsplash.