A gestão das emoções é um aprendizado para a vida toda. Por Laize Barros.

Share Button

Ter uma mentalidade lifelong learner – de aprendizado ao longo da vida – é mandatório no mundo que vivemos para o autodesenvolvimento, o crescimento profissional e a conexão com as demais gerações.

E como se tornar um lifelong learner?

Seja um observador de si mesmo!

Se observe nas diferentes situações de vida, perceba seus padrões de reações em especial naqueles momentos que te exigem um grau elevado de equilíbrio emocional.

Reconheça que o tempo e as pessoas não estão sob seu controle.

Conheça seus pontos fortes e os desenvolva ao nível de excelência. Procure saber quais capacidades precisa desenvolver mais, porém concentre-se em seus talentos ou pontos fortes porque são suas âncoras de carreira.

Esteja de “cinto de segurança” nas capotagens, isto é, em momentos de dúvidas, de transição de carreira, ou – em pontos de inflexão na vida – tenha uma rede de proteção com a qual contar como aliados no trabalho, amigos, bons relacionamentos e especialistas – quando for o caso – como mentores de carreira, psicoterapeutas, médicos etc.

Muitas vezes somos nossos próprios carrascos. Tememos nos mostrar frágeis e vulneráveis aos olhos dos demais, ser vítimas de interesseiros ou ainda podemos duvidar da bondade alheia. São medos que nos impedem de sermos bondosos conosco e empáticos com os demais. Nos afastamos da humanidade partilhada, o que de mais genuíno nos aproxima e conecta.

Este mergulho pode nos afastar de supor que os outros são responsáveis pelo que nos acontece, o que pode nos tornar ressentidos.

O ressentido culpa o mundo por sua dor e não se compromete com a mudança que, por vezes, necessitamos empreender para superar desafios.

Nesta jornada rumo ao autoconhecimento se estivermos acompanhados de mentores teremos o privilégio de detectar pontos cegos, aqueles que estão bem à nossa frente e não enxergamos e muitas vezes nos levam à repetição de atitudes e comportamentos que desejamos modificar.

Observar nossos padrões de respostas às emoções pode ser um caminho de transformação da sujeição para a liberdade e é um aprendizado para a vida toda.

Um convite especial!

Se as palavras deste artigo fizeram sentido para você e deseja saber mais sobre o tema, gostaria de convidar para a leitura de meu novo e-book “Gestão das emoções – 7 perguntas e 3 dicas”. Por que a auto-observação é o segredo da conquista da liberdade. Gratuito!
https://tinyletter.com/LaizedeBarros

Eu sou Laize de Barros, ajudo pessoas a alinhar Vida e Carreira com mentorias e cursos. Psicóloga e Mestre em Psicologia e Educação (USP), colunista da Comunidade Marketing da Gentileza e do Observatório da Comunicação Institucional. Escritora das minhas histórias e das que espio nas janelas da vida. @laizedebarros IN IG