5 passos para melhorar a comunicação corporativa. Por Letícia Araújo.

Share Button

Não é novidade que uma boa estratégia de comunicação influencia no engajamento dos colaboradores na empresa e, consequentemente, em seus resultados. Apesar de parecer óbvio, o investimento no quesito comunicação corporativa ainda não faz parte da visão de muitas organizações, seja por desconhecimento ou por omissão dos próprios gestores.

Desenvolver e implementar um plano coeso e estratégico, além de impactar fortemente na receita, influencia na maneira pela qual os colaboradores percebem a organização. E, com isso, pode-se verificar reflexos, dentre eles o aumento da produtividade, da motivação, da satisfação e da felicidade no trabalho.

Além disso, outros stakeholders acabam também sendo impactados, tais como familiares dos colaboradores, a comunidade como um todo, os clientes, os investidores, e o impacto acaba sendo ainda mais amplo do que se pode imaginar em termos de imagem e reputação institucional.

Para desenvolver ações de comunicação corporativa, é importante que se desenvolva, como mencionado anteriormente, um plano de ações atrelado ao planejamento estratégico do negócio. A comunicação, assim como o marketing, deve ser um auxílio, uma alavanca para que a organização alcance seus objetivos estratégicos. Ela também deve estar alinhada ao gerenciamento de pessoas, trabalhando em conjunto para que as ações sejam efetivas.

No entanto, se a organização não desenvolveu um plano de comunicação organizacional, algumas ações podem auxiliar o profissional de comunicação corporativa a suprir esta lacuna.

1. Levante os objetivos estratégicos do negócio e faça uma análise sobre como a comunicação pode auxiliar a alcançá-lo. A partir disso, desenvolva as metas de comunicação, utilizando o método SMART para definição de objetivos.

2. Compartilhe com os colaboradores da empresa as diretrizes gerais e setoriais para uma gestão empresarial assertiva, deixando muito claro os objetivos a serem alcançados. Isso pode acontecer por meio de informativos em painéis, canais internos de comunicação, reuniões periódicas ou estimulando a comunicação das lideranças para com seus liderados.

3. Monitore os causadores de ruídos na comunicação e elimine-os. Por exemplo, eles podem estar ligados a questões estruturais que dificultam a transmissão da mensagem aos colaboradores ou a questões relacionadas à recepção da mensagem, como a linguagem inapropriada ao público-alvo.

4. Implemente ferramentas que auxiliem a concentrar e distribuir a informação na empresa, tais como pacotes de software de comunicação interna, CRM, dentre outros.

5. Invista em treinamento e desenvolvimento dos colaboradores, garantindo sua atualização tanto no que se refere a conhecimentos técnicos, protocolos e processos internos, como na capacitação contínua com foco em sua atuação profissional e crescimento na organização.

Tratar a comunicação organizacional de maneira eficiente é conquistar múltiplos benefícios para a empresa.

Imagem: Foto de fauxels no Pexels.

Letícia Araújo é empreendedora, mentora, consultora de Comunicação Corporativa, Marketing e Soluções Educacionais, professora de pós-graduação e formação tecnológica presencial e EaD, designer instrucional e apaixonada por comunicação, educação e tecnologia. Tem como propósito transformar pessoas por meio de uma educação empoderadora, comunicação eficaz e por soluções educacionais eficientes.