Quanto custa [e quanto vale] a opinião de um Youtuber?

Share Button

Deu no Blog do Barcinski, anteontem:

“Não tenho absolutamente nada contra relações-públicas. Tenho grandes amigos, muitos saídos de redações de jornais, que trabalham em assessorias de empresas e governos. É uma opção profissional excelente e admirável. O problema ocorre quando as duas profissões se misturam, criando uma confusão entre os papéis do jornalista e do relações-públicas. Essas confusões estão se tornando cada vez mais comuns. A impressão é de que existe toda uma geração de jornalistas que não entende mais a diferença…”. André Barcinski.

LINK – http://blogdobarcinski.blogosfera.uol.com.br/2017/02/22/quanto-custa-a-opiniao-de-um-youtuber/

COMENTÁRIO

Margarida Kunsch certamente não gostaria de ver sua comunicação ‘integrada’ neste sentido… A provocação de André Barcinski é ótima e vale alguns colóquios. A pior faceta da ‘crise’ mencionada é a dos que já não distinguem uma função – de jornalista – da outra – de RP (algo cristalinamente presente na tabuleta na porta da ‘Lee & Associates – em 1906). E eles estão também, infelizmente, entre os ‘educadores’ atuais de futuros jornalistas e errepês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *