Os sete mandamentos do Jornalismo, segundo Mino Carta (publicação “não autorizada”, pois ele só admite os três primeiros).

Share Button

Mino Carta
Adaptação livre de matéria de Geneton Moraes Neto.

1. Fidelidade canina aos fatos, à verdade factual.
2. Exercício desabrido do espírito crítico, sempre.
3. Fiscalização diuturna do poder, onde quer que se manifeste; criticando e denunciando seus abusos e mazelas.
4. Elegância – se possível – de estilo; respeitar o texto e não aviltar a língua [de Machado de Assis, Camões, Gil Vicente, Eça de Queiroz, Euclides da Cunha, Graciliano Ramos e Guimarães Rosa – seus escritores preferidos] 5. Jornalismo é trabalho de equipe – não existe herói solitário no Jornalismo. O que existe é aquele pequeno grupo formado por gente que carrega o piano – e sabe tocá-lo.
6. Se possível, também, ter sorte. Estar no lugar certo, na hora certa.
7. Last but not least: não considerar patrão um “coleguinha”