Devia existir uma escola Talese de formação jornalística.

Share Button

gt

“… eu sempre pensei no jornalismo como uma forma potencial de arte”.

Gay Talese dispensa apresentação. Ele é o jornalista vivo mais emblemático – porque autêntico – repórter.

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) clipou o El Espectador… e nós, deste OCI, idem:

LINK – http://www.anj.org.br/2015/11/03/o-imediatismo-da-tecnologia-desqualifica-o-jornalismo-diz-gay-talese/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *