Transparência nos negócios: as - bem feitas - relações públicas dão conta dessa demanda.

Share Button

Foi publicado este mês, na “Littera em revista”, publicação acadêmica da Universidade Estácio de Sá, um novo artigo de Manoel Marcondes Neto intitulado “A tão demandada transparência nos negócios: uma proposta de relações públicas para uma questão transdisciplinar da administração”.

A revista eletrônica é multidisciplinar e atende à pós-graduação e à pesquisa nas seguintes áreas: Administração, Direito, Engenharia de Produção, Gestão Ambiental, Jornalismo, Petróleo e Gás, Propaganda, Psicologia, Recursos Humanos e Sistemas – campos profissionais, e de conhecimento, a quem interessa o aporte de Relações Públicas.

Especialidade do campo da comunicação, no Brasil as relações públicas sempre foram tidas como uma coleção de serviços, para além do relacionamento com a mídia – sua especialidade no exterior. Além disso, a formação de profissionais da área privilegia uma abordagem holística da comunicação organizacional – condição propícia e ideal para a compreensão da questão da transparência nas organizações.

Todavia, isto não garante uma percepção completa dos benefícios de RP. Propõe-se, então, compreender relações públicas a partir de demandas muito conhecidas, não só de organizações, mas também de indivíduos necessitados de visibilidade: reconhecimento no meio social, estabelecimento de táticas de relacionamento com seus públicos de interesse, obtenção de relevância em seu segmento de mercado e construção de uma boa reputação.

O objetivo do artigo é dar novo enfoque à questão tão atual da transparência, a partir de uma abordagem que o autor chama de “relações públicas plenas”.

Acesse o texto, na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *